Histórias de Quarentena

Produção de mídia popular nas favelas
do Rio de Janeiro

Bem-vindo a Histórias de Quarentena!

A pandemia da COVID-19 atingiu todo o mundo e trouxe desafios sem precedentes. Na cidade do Rio de Janeiro, os desafios enfrentados pelas favelas foram ainda maiores, impactando não somente a saúde da população, mas também a renda. Além disso, culminou no agravamento da desigualdade social já imposta a estas áreas. Nesse contexto, esse projeto busca compreender melhor as respostas que os moradores das favelas encontraram para enfrentar a crise. Adicionalmente, visa ampliar as vozes dos cidadãos e ajudar a fortalecer a resiliência das favelas. Nestes tempos de isolamento, este projeto cria novas conexões no formato digital entre pessoas de diversas partes do mundo ao compartilhar suas 'Histórias de Quarentena'.

O foco do nosso trabalho preliminar foram as favelas do Rio de Janeiro e, mais especificamente, os residentes e coletivos envolvidos no turismo. Esses projetos existem há algum tempo e buscam apresentar as favelas e suas memórias para o público em geral.

A proposta da narrativa online é importante porque tem potencial de empoderar indivíduos, grupos e coletivos de favelas, além de permitir a quebra do seu isolamento social e facilitar o fluxo de recursos. Uma narrativa precisa de um público, e o turismo internacional ajudava a trazer esse público. No entanto, devido a esta pandemia global, os visitantes pararam de viajar. Como consequência, observamos um aumento no isolamento das favelas. Portanto, apresentamos a narrativa digital como uma possível alternativa para criar conexões, assim como uma fonte de renda em potencial para os moradores das favelas que atuam no turismo.

 

1 Rocinha
2 St Marta

Nossos participantes nos mostram como estão reorganizando suas ofertas turísticas para públicos virtuais, enquanto nós aprendemos sobre suas necessidades de treinamento para a realização de tours virtuais. A partir disso, provemos cursos personalizados sobre turismo virtual e uso de plataformas em busca de auxiliá-los a ter uma distribuição mais ampla de seus tours para públicos globais.

Temos o orgulho de apresentar esta plataforma na qual moradores e coletivos das favelas envolvidos no turismo em favelas e visitas guiadas apresentam seu novo turismo virtual.

 

O site apresenta contadores de histórias de seis favelas do Rio de Janeiro: favela da Rocinha, Pavão, Pavãozinho e Cantagalo, Babilônia e Chapéu Mangueira, Santa Marta e Providência. Os contadores são guias de turismo ou guias locais que têm muito a contar sobre as diferentes ofertas turísticas e iniciativas de turismo do Museu de Favela no Pavão, Pavãozinho e Cantagalo, e no Museu Sankofa na Rocinha. Temos também o coletivo de guias do Santa Marta, os guias e condutores da Babilônia, Chapéu Mangueira e Providência, que também nos convidam a participar de passeios mais ativistas e políticos e a ouvir as histórias do 'Favela Tour Social: contra turismo safari', na Babilônia. Esses moradores compartilham suas histórias pessoais sobre o enfrentamento a COVID-19, sobre o impacto nas favelas e sobre as iniciativas locais para ajudar a aliviar alguns de seus malefícios. São histórias de solidariedade, engajamento comunitário e conscientização relativas às questões cotidianas das favelas do Rio de Janeiro.    

Histórias de Quarentena é uma iniciativa online que reúne as vozes de um grupo de favelas, promove o treinamento comunitário e lança uma plataforma digital para experiências de tours virtuais em favelas.

Conheça os guias

Erik Martins

da ‘Rocinha By Rocinha’ Tours

André Constantine

do ‘Favela Tour Social: contra turismo safari’

Antônio Carlos Firmino

do Museu Sankofa: Memória e História da Rocinha

Museu de Favela (MUF)

das favelas Pavão, Pavãozinho e Cantagalo.

Dinei Medina

da favela Chapéu Mangueira

Cosme Felippsen

do ‘Rolé dos Favelados’ Tours

Coletivo do Santa Marta

da favela Santa Marta

Assistir a trailers de turismo

Erik Martins - 'Rocinha by Rocinha' Tours

Museu de Favela (MUF)

Dinei Medina: Community da Chapéu Mangueira

André Constantine: ‘Favela Tour Social: contra turismo safari’

Cosme Felippsen: ‘Rolé dos Favelados’ Tours

Museu de Sankofa: Memória e História da Rocinha

Coletivo do Santa Marta

Instagram

Facebook